Tanto a cultura quanto o estilo de decoração russo, para muitos de nós brasileiros parece algo bem distante, mas quando tratamos de inspirações para o decor, como cores, artesanato, pintura e estampas, conseguimos nos identificar bastante com o espírito forte e artístico dos russos.

 

neste post você vai conseguir identificar algumas das estampas e cores utilizadas e na próxima publicação, vamos mostrar novas referências que remetem a essa cultura.

Gzhel

O estilo e as técnicas de cerâmica Gzhel são tradicionais na Rússia. o ofício artesanal passou a ser reproduzido na fabricação em larga escala e é mundialmente reconhecido.

 

 

 

 

 


 

Zhostovo

Zhostovo é um tipo de pintura notável pela riqueza e força dos traços.

 

 

 

 

 

 

Matrioskas

As Matrioskas são aquelas bonequinhas de tamanhos crescentes colocadas uma dentro da outra, geralmente feitas em madeira. Considerada como um grande símbolo da tradição familiar russa, pois é um presente passado de mãe para filha, para netos e em toda casa tem

 

 

 

Khokhloma

Tão famosas quanto as Matrioskas são as peças de Khokhloma. Esta arte popular é do século XVII. A proposta traz uma rica padronagem floral e uma mistura chamativa que soma o dourado, vermelho e preto.

 

 

 

 

Reconhecem esse estilo de algum lugar? Sim, o estilo russo Khokhloma

serviu de inspiração para a criação do nosso mais novo produto - o Plic! Bogat! <3

 

 

Encontre esse modelo aqui: https://bit.ly/2K1pcoU

 

Gostou? Então fique ligado, semana que vem tem mais! <3


 

esse ano todos os olhos estarão voltados para a Rússia. o país, que possui a maior área do planeta, é riquíssimo em cultura, artes, arquitetura e gastronomia, e nós separamos algumas maravilhas para você ficar por dentro desse universo incrível. nessa primeira semana, vamos trazer um pouquinho dessa culinária deliciosa e um tanto quanto diferente da nossa.

 

GASTRONOMIA

o clima é um determinante na culinária russa. o frio colabora com a predominância de pratos quentes e bem equilibrados na distribuição de nutrientes, a fim de fornecer bastante energia para equilibrar a temperatura corporal. os pratos são, em sua maioria, simples e de sabor agridoce, e ricos em carboidratos e gorduras. o creme de leite azedo, conhecido como “smetana”, é tão comum quanto o nosso feijão por aqui. o estrogonofe, popular no Brasil, tem origem russa, mas tem seu sabor muito diferenciado por lá por causa da utilização do creme azedo.
 


Food Magazine

Draniki: panqueca de batata com creme de leite azedo.


a carne de porco e carneiro são as proteínas mais populares na Rússia, dividindo a posição com aves e peixes. a truta, o arenque e o esturjão são as espécies de peixes mais comuns na região, e nada convencionais no Brasil - o que pode despertar ainda mais a curiosidade daqueles que são apaixonados por conhecer culturas diferentes.

 


Food Magazine

Kholodets: é uma tradicional gelatina de carne e pode ter diversos formatos.


 

batata, pepino, cogumelo e repolho também são alimentos encontrados frequentemente na cozinha russa - principalmente em conservas. a salga de vegetais é feita com fermentação de ácido lático natural, chamada de kvashenie, e é uma das técnicas muito utilizadas no preparo e conservação dos alimentos.


Food Magazine

Borscht: originalmente da Ucrânia, a sopa de beterraba é sempre servida quente e é um dos pratos mais populares da Rússia.

 


Internet

Palmeni: massa fina feita com farinha, ovos, leite ou água. de acordo com a receita tradicional, o recheio deve ser composto por 55% de carne bovina e 45% de carne de porco. diferente do Brasil, na Rússia as massas não acompanham molho. no máximo o famoso creme de leite azedo.

quer mais? o caviar também é um alimento muito consumido pelos russos. tanto o preto quanto o vermelho, a iguaria é consumida até no café da manhã. mas não pense que tem o mesmo valor que no Brasil - na Rússia esse produto é muito barato e acessível.


Blini com caviar e smetana / internet


e, por final, uma das sobremesas mais tradicionais do País são as panquecas russas - feitas com leite, açúcar, gemas, manteiga e sal, e acompanhadas geralmente de geleias, smetana, caviar e afins.


Scastje-est.ru

 

gostaram? semana que vem tem mais Rússia por aqui, e será a vez de falarmos da sua maravilhosa arquitetura. <3

com amor,

MLab

já não é novidade que o mercado analisa o comportamento da sociedade para se adaptar aos novos padrões de estilo de vida, oferecendo produtos que atendam às suas necessidades.

mesmo que o consumo passe a ser mais consciente, a verdade é que as pessoas nunca deixarão de consumir. de qualquer modo, estão preferindo uma vida mais equilibrada em relação a saúde, produtividade profissional e família. existe uma grande parte da sociedade que já opta por reaproveitar e dar nova utilidade aos objetos, em vez de comprá-los novos.

por isso, o post de hoje trouxe dicas e referências bem legais para que você possa passar mais tempo em casa e tenha seus cantinhos organizados para trabalhar, curtir momentos em família e descansar sem investir muito dinheiro.

tentamos traduzir de maneira simples como no geral as pessoas se sentem e têm se organizado para ter seu cantinho de trabalho em casa.

1- valorização dos produtos artesanais.

2- se eu mesmo posso fazer, então não vou comprar.

3- quero uma casa prática, mas aconchegante.

4- não tenho dinheiro para ter algo novo então transformo o que tenho, no que preciso.

5- falta tempo para estar perto da natureza, então trago a natureza para perto de mim.

entramos em 2018 ligados na onda do estilo Memphis e vamos te contar um pouco sobre como surgiu todo esse conceito e mostrar referências super legais de como incorporar o espírito alegre de mais essa tendência que está super em alta também na decoração.

o Grupo Memphis foi um grupo de design e arquitetura italiano fundado em Milão por Ettore Sottsass em 1981. o grupo tinha como característica um estilo pós-moderno que foi aplicado em móveis, tecidos e cerâmicas. ou seja, tava tuuuudo dominado!

as principais características do estilo Memphis no design eram as formas assimétricas e coloridas, suas inspirações vinham da Art Deco, da Pop Art, do estilo Kitsch, temas futuristas e conceitos da Bauhaus.

hoje em dia além dos ícones super fofos e descolados as combinações de cores são as melhores referências a esse estilo. se envolva nas refes lindas de decoração Memphis. ;)

a moda de decorar no estilo industrial voltou a  invadir as casas e estabelecimentos e trouxe um toque urbanóide para decoração.

caracterizada pelos materiais extremamente resistentes como: canos e tijolos aparentes, grades, pé direito alto, pisos de taco luminárias de ferro, portas e janelas largas com estruturas metalizadas, esse estilo pode ser personalizado para ser confortável e aconchegante.

para você que curte tudo isso, mas não sabe como incluir esse estilo em sua casa, invista em detalhes como acessórios e móveis, como por exemplo: luminárias de lâmpadas com fios expostos, móveis feitos com madeira de demolição, bancos de metal ou até móveis mais sofisticados para criar um contraste.

quer ver como a decoração industrial vai te conquistar? se envolva em nossas referências e selecione as melhores ideias para sua casa. tá tudo lá no nosso Pinterest também. @mlabdecor



 







ÚLTIMAS DO INSTAGRAM
@mlabdecor
FACEBOOK